Instituto Superior Técnico

Área de Estudos, Planeamento e Qualidade

Archive for the ‘rankings’ Category

Universidade de Lisboa na 322 posição da 1ª edição do Rankometer

quinta, fevereiro 11th, 2021

Foi publicada no início do mês de Fevereiro pela AppliedHE, organização baseada em Singapura, a 1ª edição do Rankometer, um ranking que combina os resultados de 5 dos rankings mais conhecidos. Para estarem incluídos neste ranking, os rankings devem ter sido publicados no ano anterior, incluírem pelo menos 1000 universidades e estarem entre os 5 rankings mais influentes segundo a Google News. Estes 5 rankings são o QS World University Rankings, Shanghai Ranking Consultancy Academic Ranking of World Universities (ARWU), the Times Higher Education (THE) World University Rankings, Leiden Ranking (top 10% metric), e Webometrics Ranking Web of Universities. As 5 melhres universidades do ranking são as seguintes:

  1. Stanford University
  2. Harvard University
  3. Massachusetts Institute of Technology (MIT)
  4. University of Oxford
  5. University of Cambridge.

A Universidade de Oxford é a 1ª universidade europeia, enquanto a Universidade de Lisboa ocupa o 322º lugar (2º a nível nacional, atrás da Universidade do Porto (308º) Para mais informação consultar a página do Ranking.

Ranking de Impacto Universitário (THE)

segunda, abril 8th, 2019

Foi publicado no passado dia 2 de Abril o Ranking THE de Impacto Universitário relativo a 2019 (THE University Impact Rankings). Este ranking mede o cumprimento das universidades, a nível global, relativamente às metas de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas (SDGs).

O desempenho das universidades incluídas no ranking é avaliado em 17 SDGs, sendo a 1ª edição do ranking relativa ao período entre 1 de Janeiro e 31 de Dezembro de 2017.

A Universidade de Lisboa não está representada na edição de arranque em nenhuma das dimensões avaliadas.

Os resultados pode ser consultados aqui.

Ranking setorial ARWU: Atualização

segunda, julho 23rd, 2018

Foi atualizada na passada 3ª feira, 17 de Julho, o ranking sectorial (ranking by subject) do ARWU (Academic Ranking of World Universities).

Nesta última edição, é possível observar que a melhor classificação portuguesa é conseguida na área de Engenharia Marítima, na qual a Universidade de Lisboa (UL) fica em 4.º lugar a nível mundial (desce uma posição face ao ano passado), fruto do trabalho feito pela Engenharia Naval do Instituto Superior Técnico (IST). É também desta faculdade da UL o mais bem colocado curso de engenharia civil nacional, classificado como o 45.º melhor do mundo no ranking de Xangai.
Para informações mais detalhadas, consultar o link http://ep.tecnico.ulisboa.pt/rankings/informacao-detalhada/

1ªas Jornadas da AEPQ

terça, novembro 14th, 2017

A Área de Estudos, Planeamento e Qualidade realizou no dia 31 de outubro de 2017, no CTN, as primeiras “Jornadas da AEPQ” que contaram com cerca de 3 dezenas de participantes.

As Jornadas da AEPQ, preparadas com o objetivo de  dar a conhecer o serviço, a equipa e alguns dos resultados do seu trabalho a todos os colaboradores do Técnico, deram início a uma nova iniciativa de promoção da comunicação interna entre os serviços da Escola.

Está prevista a realização de iniciativas semelhantes nos campi do Taguspark e da Alameda, em datas a anunciar.

Documentos:

Observatório de Rankings Universitários

quarta, abril 27th, 2016

O Observatório de Rankings Universitários disponibiliza informação sobre os rankings universitários  mais conhecidos, quer pelo seu prestígio quer pela sua difusão mediática, ao mesmo tempo apresentando o posicionamento do Técnico Lisboa/Universidade de Lisboa em função de diversos parâmetros de classificação.

Dado que cada ranking tem por base uma metodologia, um sistema de indicadores e coeficiente de ponderação específicos, o Observatório tem como objetivo oferecer de forma clara e objetiva as principais características de cada um deles, assim como os resultados e, ao mesmo tempo, indicadores de performance.

No sentido de melhorar o Observatório de Rankings, convidamo-lo desde já a deixar-nos o seu contributo.